Esta sou eu...ás vezes perdida...ás vezes distraida,vagueando pelo mundo mas sempre no mesmo lugar...Esta sou eu, e este é o ...o meu outro lado...

31
Jan 07

Pois é está aí mais um polémico referendo... o Aborto ou interrupção voluntaria da Gravidez, que  vai dar exactamente ao mesmo.

Bem, este tema já foi debatido e mais que debatido... que até me custa arranjar prós e contras...

Já andei dividida, entre as opiniões, sim   porque o bom senso manda, colocar-nos no lugar dos outros para perceber melhor as opiniões. E foi o que estive a tentar compreender... No inicio achava ( e talvez seja ainda esta a minha opinião) que isto não era um tema para ser debatido pelos politicos e muito menos para ir a votos... porque no fundo isto é um tema que a cada um diz respeito...cada pessoa é que tem de ter a consciência daquilo que faz  e das decisões a tomar na sua vida...penso que tudo se tornaria mais fácil se cada pessoa que pensa em fazer um aborto, se lembrasse que um dia pode nunca mais vir a ter filhos, pode perder para sempre a sensação de ser mãe/pai, e que as decisões nao são tomadas quando o teste dá positivo....

Agora, que está a ler isto, certamente dirá que existem, motivos que levam as pessoas a pensar no Aborto como solução...Dir-me-ão:

  • Violações;
  • Má formação do Feto;
  • Pouca idade/maturidade da mãe;
  • risco de morte da mãe e do filho

Pois é sei que são motivos que dão que pensar, mas julgo que a Morte não será solução nunca a nao ser  no ultimo caso.... pois assim poderá poupar-se um vida!!!

Vem aí mais um referendo, e mais uma vez  os portugueses ficarão divididos sem saber em que votar... penso que é uma questão simples, eticamente matar é proibido, religiosamente,é castigo cometer homicidio, entao e matar um pouco de nós nao será também pecado?!

São tantas as Associaçoes criadas em nome do "Sim" e do "Não"...não pretendo mudar a opiniao de ninguem, pois ter ou não um filho é uma questão pessoal e deveria ser como as senhas das contas bancárias um direito Intransmissivel... no entanto ainda somos um país tão complicado que temos que por esta decisão nas mãos de politicos e anónimos...e que vença o melhor!!!! Pois só obedeceremos quando houver uma lei que determine o que é certo...até parece que não são cometidos outros crimes em Portugal para ir a debate e posteriormente a referendo... Parece mentira que seja preciso este tema ir   uma vez mais a debate.

publicado por perdida às 14:39

25
Ago 06

Olá, depois de tanto tempo sem aparecer, hoje trago-vos uma noticia que li no DN, pois é o nosso Portugal vai aderir a um Plano Nacional contra as drogas e toxicodependências , que consiste na introdução de máquinas de troca de seringas nas prisões e a criação de salas de injecção assistida, as famosas SALAS DE CHUTO"! Eu pergunto-me será mesmo um plano contra as drogas?!?é porque, sinceramente, eu não vejo vantagem em criar um sitio para as pessoas se drogarem...

A verdade é que tudo isto terá que ser criado até 2008, e vigorar até 2012, tempo suficiente para atrair e atirar mais pessoas para o mundo da droga...agora será mais facil, é como criar um parque de diversões... E "voilá"...sejam bem vindos!!!

Pelo menos algo na noticia agradou-me, é que também vão existir programas terapêuticos, campanhas de informação e planos para reinserção de ex toxicodependentes na sociedade, pois não vale de nada estarem anos a fio numa clinica a fazer tratamento se depois ao sair não há um lugar ou sociedade que os aceite.

Para mim, é um plano muito radical e que não tenho a certeza se nos pode salvar do flagelo que este tema se transformou...

Oxalá que seja a solução que procuravamos, ou então é melhor pôr Portugal numa "camisa de forças".

Fonte: DN

publicado por perdida às 02:06
sinto-me: um bocado estúpida
música: In God's hands - Nelly Furtado
tags:

30
Jun 06

Voltei!!!

Hoje não vou (como faço habitualmente) falar-vos das notícias que vão saindo, nos jornais ou revistas...

Estive a pensar e porque não contar-vos uma história de vida de duas pessoas que me são muito queridas?!

Pois bem, conheci a Florinda e a Carmélia quando ainda andava na escola preparatória, um amigo comum apresentou-nos, seria um acto vulgar não fossem elas duas pessoas especiais, pois estas duas amigas desde de muito cedo tiveram de se confrontar com o facto de serem deficientes motoras, o que impossilita elas de levarem uma vida considerada normal.

Mas estas minhas amigas de CORAGEM. nunca desistiram, aprenderam a ler, a escrever sem qualquer ajuda vinda do exterior. Isto só por si já seria motivo de orgulho, no entanto elas foram mais longe:

 A Florinda, dedica-se a fazer trabalhos em missangas que poderão ver ,se tiverem curiosidade, no site: www.inda.no.sapo.pt   tem dois blogs lindos onde divulga um pouco mais de si, e do que vai sentindo, e recentemente descobriu o quanto tem jeito para fazer montagens de imagens.

A Carmélia, enveredou por outros caminhos, dedica-se a fazer postais entre outros trabalhos, que poderão ver em www.carmelia.no.sapo.pt, site onde divulga um pouco dos Açores, do que somos entre outros assuntos. Vale a pena visitar.

Elas acabaram por mostrar que se queremos algo devemos lutar e nunca desistir dos nossos sonhos. No entanto, coloca-se aqui um entrave, elas só têm um computador para as duas, e torna-se dificil gerir o tempo pois cada uma quer dedicar o seu tempo aos trabalhos e aos seus sonhos...

Como poderemos ajuda-las?!

Sinceramente não sei, as ajudas são muito poucas e o nosso país é pequeno demais para alargar os horizontes e ajudar a quem precisa, a quem vive condicionado por essas pequenas coisas e pela sociedade que criamos.

Elas têm o direito de serem felizes, já que lhes foi retirada a liberdade de escolha... que lhes seja dada a oportunidade de poder sorrir todos os dias, e realizar os seus sonhos numa sociedade menos egoísta e preconceituosa.

P.S: Se souberem uma forma de ajuda-las, escrevam

 

 

 


22
Mai 06

Andava eu a pesquisar aqui na net para vos pôr (e a mim tambem ) a par da actualidade quando me deparei com esta noticia, saída hoje no Diário de Noticias:

"Em busca da virgindade perdida

Se uma das ciganas que recorreram à clínica de Biscaia Fraga fosse desmascarada, a sua vida não tornaria a ser a mesma. O casamento seria certamente desfeito, provocando uma onda de vergonha que cobriria toda a família.

O mesmo pensa e diz Adérito Montes, cigano e presidente da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento da Etnia Cigana (APODEC): "A virgindade é uma dignidade para o marido e um motivo de orgulho para os pais da noiva. Quando casamos gostamos que a nossa mulher traga para nós a sua virgindade. Sabemos a qualidade das nossas mulheres!" E continuou, para que não subsistissem dúvidas: "Se a mulher não vier nas devidas condições é rejeitada. Se descobrisse que as minhas noras tinham feito isso, não entrariam mais na minha casa."

Pois é, parece que existem mulheres que recorrem á cirurgia de reconstrução do himem, para recuperarem aquilo que perderam, por uma questão pessoal, ou simplesmente para serem aceites na sociedade.

Como é que é possivel e pleno século XXI, ainda se discutir assuntos desses, e pior pôr a vida das pessoas em risco, só porque no passado cometeram um erro ou talvez não...

A discriminação dessas mulheres, não é senão mais um acto de machismo, tão comum neste país.Acredito que a dignidade da mulher não está no facto de ela ser virgem ou não mas sim nos valores que ela possui...

Assim Portugal não vai longe...

Fonte:DN

 

publicado por perdida às 02:32
tags:

Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
27

28
29
30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
MAD WORLD
width="180" height="180">
blogs SAPO